Os Sem Noção

Você deve conhecer pelo menos um. Eles cutucam pra chamar atenção e contam pela milésima vez a mesma história. Nunca são antenados e riem das próprias piadas. Como são desprovidos de filtro, dispensam formalidades e reviram seu estômago fazendo os comentários mais embaraçosos diante de qualquer plateia. Falando em plateia, não dispensam a oportunidade de um discurso, ainda que desconheçam o assunto em questão. Aparecem em todas as fotos fazendo caretas ou poses inconvenientes e em reuniões ou encontros nunca se furtam ao ridículo. Ao tentar fugir, te seguram pelo braço. Há que se reparar também na indumentária, que sempre segue a discrição da personalidade descrita acima. Falam alto, gesticulam, tem sempre uma coreografia pronta e uma gíria que não pega. Enfim, eles são felizes. Nós é que morremos de vergonha! (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

6 Comentários em “Os Sem Noção”

  1. andrea covolo correa
    15/03/2011 às 21:01 #

    Adorei ler o post. Gosto do jeito que vc escreve, mas agora fiquei com medo de parecer sem noção escrevendo esse comentário!!! Beijos

    • 15/03/2011 às 21:01 #

      Andrea, vc não é sem noção nunca! Quando puder, mande “reparações” aí de Curitiba, vou adorar matar as saudades dessa forma! Bj e saudades

  2. Laura
    17/03/2011 às 21:01 #

    Também adoro ler suas reparações!!!
    O máximo é que vc consegue descrever o que, automaticamente, vamos encaixando em algumas figuras que conhecemos!!! O mais divertido, porém, é quando começamos a vestir a carapuça!!! Rsss!!
    To AMANDO o blog!! Agora vcs não podem mais parar!!!

    • 17/03/2011 às 21:01 #

      Ai Laurissima, que bom que gostou. Fazemos com muito carinho e nos divertimos pra caramba nos bastidores! Quando puder, mande ideias, reparações… Bjs

  3. Valéria
    17/03/2011 às 21:01 #

    Gostaria de ser mais sem noção… A pessoa sem noção é menos retraída, menos vigilante consigo mesma, menos preocupada, menos chata. Arrisca mais, ri mais de si mesma, vive mais.

    • 17/03/2011 às 21:01 #

      Oi Valéria, É isso aí. Seria ótimo se a gente pudesse “calibrar” isso dependendo da necessidade né? Bjsss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: