De repente

Destino é uma palavra muito forte, principalmente quando acontece uma tragédia como a de hoje no Rio de Janeiro. Eu também tenho uma filha na oitava série e não sei qual será o destino dela nesse dia 7 de abril. Sei somente o que desejo que aconteça, o que programamos juntas, os horários, a rotina de sempre. Como é frágil essa expectativa, meu Deus. O destino invadiu uma sala de aula no Realengo. E não há palavra que explique ou console. Apenas ele, que se sobrepõe a  tudo e a todos. Sem prevenir ninguém, o destino intragável grudou pra sempre nessas famílias.    (RL)

 

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

2 Comentários em “De repente”

  1. Nina Adlin
    07/04/2011 às 21:01 #

  2. Marina
    07/04/2011 às 21:01 #

    Inacreditável! Tomara que a gente consiga estar todos juntos daqui meia-hora na casa da Vovó comemorando os seus 96 anos de VIDA! Vai saber………..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: