Conservado em sal

Vai entender como um restaurante bem do cafona, que serve  sanduiches com intransponíveis 15cm de recheio,  fatias de cheesecake colossais,  promove competições de “quem come mais pepino” e que tem como logomarca um senhor gordinho, careca e de óculos, com um picles gigante apoiado nos ombros…vai entender como sobrevive até hoje em plena 7th. Ave. de Manhattan.

                                               Reparem na estética do guardanapo.

                                             Observem a delicadeza do couvert.

                                                Imaginem que delicia de digestão.

Esse é o Carnegie Deli, famoso pelo pastrami , pelos pepinos em conserva, pelas sobremesas e, na minha opinião, famoso só por sobreviver até hoje nessas condições. Pra que ninguém duvide da força do lugar, a parede é lotada de fotos autografadas , de celebs que passaram por lá desde 1937 até hoje . Enfim,  os marqueteiros que expliquem. Eu só fui lá pra reparar!   (RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

6 Comentários em “Conservado em sal”

  1. Renata Gualberto
    14/05/2011 às 21:01 #

    Eu ADORO o Carnegie Deli! Toda vez que vou para NY não deixo de tomar a sopa de caldo de frango com matzoh balls! Experimente! Bjos

  2. Milena
    14/05/2011 às 21:01 #

    Varias vezes vi FILA na rua para entrar no Carnegie! O sanduiche de pastrami é muito bom mesmo mas como tudo nos EUA, exageradíssimo!!
    Se quiser fazer um jewish tour, vá ao KATZ Deli na Houston street, tambem é legendário…..
    Beijos

  3. Sarah
    14/05/2011 às 21:01 #

    Post House. 63 com madison. Nada no mundo será igual.Oque comer?
    3,5 pound steam lobster.
    Vinho? Chablis gran cru…
    Deixa os sandwishs pra lá….
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Marcia Moraes de Souza
    15/05/2011 às 21:01 #

    Estive lá e qdo vi o tamanho do sanduba,não acreditei.Comi um décimo do dito cujo,mas a minha volta as pessoas o detonavam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: