Na saúde e na doença, na alegria…

Ontem fui assistir um desses filmes de comédia romântica. Confesso que toda semana assisto pelo menos um, minhas filhas amam. Enfim, o que me intriga é essa obrigação, que principalmente os filmes americanos demonstram, de que só seremos felizes com alguém ao nosso lado. Lembro de uma amiga que perto dos 40 ainda não tinha casado. Sofria uma pressão familiar absurda. Em nenhum momento ela desacreditou no amor ou algo assim. Mas achava complicadíssimo escolher alguém para passar o resto da vida. Preferia continuar na segurança da sua solteirice. Mas a família pressionou e ela acabou casando. Casada, a preocupação da família eram os filhos. Essa guerra ela está ganhando. Não sei se hoje ela é mais ou menos feliz. Mas acho triste essas menininhas que assistem esses filmes, acreditarem que a felicidade reside na obsessiva busca do outro. (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Na saúde e na doença, na alegria…”

  1. 27/05/2011 às 21:01 #

    O Amor…

    É difícil para os indecisos.
    É assustador para os medrosos.
    Avassalador para os apaixonados!
    Mas, os vencedores no amor são os
    fortes.
    Os que sabem o que querem e querem o que têm!
    Sonhar um sonho a dois,
    e nunca desistir da busca de ser feliz,
    é para poucos!!”

    Cecília Meireles

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: