Viver ou conectar, eis a questão!

Nunca acreditei que o mundo vai acabar em 2012. Agora, quando chove em São Paulo essa possibilidade me parece bem plausível. Não apenas pelo caos do trânsito, as ruas alagadas e a sensação de terra de ninguém. Mas sempre fico sem luz. O meu mundo não acaba, mas desaba. Ficar vendo a bateria do celular, laptop e afins acabar é uma espécie de tortura moderna. Nessa última oportunidade fiquei 22 horas sem luz. Leia-se: 22 horas sem celular, sem e-mail, sem sms, sem computador, sem vida. Passei a vegetar. Diante de um mau humor insuportável, resolvi tomar um banho. E lembrei que estava sem secador. Em surto e com o cabelo da Elza Soares, fui até a casa de uma amiga colocar a vida e o cabelo em dia. E chegando lá descobri que apesar de estar desconectada, a vida continuava seu curso. Me conectei, senti que voltava a pertencer ao mundo, mas senti o incomodo da dependência: será que só vivo enquanto conecto? (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Viver ou conectar, eis a questão!”

  1. Sarah
    20/06/2011 às 21:01 #

    Me sinto como voce sem celular e sem computador.
    E ca entre nos , isso é horrível!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: