Meia-Noite em Paris

Não sou dessas pessoas que tem paixões. Que amam um time de futebol ou colecionam coisas. Mas sou fascinada pela Paris da década de 20. Seus escritores, pintores, escultores…histórias que se cruzaram e deram origem a obras que venero. Não fosse Hitler possivelmente teríamos mais obras. Não fosse Woody Allen, possivelmente não teríamos um retrato tão fiel dessa geração. Meia Noite em Paris mostra, mais que o valor de suas obras, a essência dessa geração. Ainda que cada personagem seja retratado apenas com uma pincelada, está tudo ali. A boemia, a relação destrutiva dos Fitzgerald, a influência da G. Stein, a genialidade de Picasso, o impacto da 1a guerra em Hemingway, a loucura inspiradora dos surrealistas… Tudo isso misturado em um roteiro delicioso! Aqui vai um pouquinho do meu roteiro por Paris.  Nessa cidade, embarco na tentativa de voltar no tempo e viver, assim como o protagonista do filme, uma história única, pessoal e inesquecível.

Parada obrigatória! Silvia Beach, a proprietária da livraria não foi citada no filme. A Shakespeare era ponto de encontro dos intelectuais da época, entre eles J. Joyce. Silvia foi quem financiou Joyce durante o longo período em que ele escreveu Ulisses.

 

 

 

 

 

 

R. de Fleur, 27. Endereço da Gertrude Stein e Alice B. Toklas, famoso pelos saraus que aconteciam semanalmente. Ela que cunhou o termo Geração Perdida.

 

 

 

 

 

 

 

Le Dome, o local escolhido pelos artistas depois que o Closerie des Lillas passou a ser frequentado por turistas americanos. Ainda conserva a mesa de Hemingway.

 

 

 

 

 

 

P.S. Prometo que até a próxima viagem, faço um curso de fotografia! (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Meia-Noite em Paris”

  1. Tiu Caco
    28/06/2011 às 21:01 #

    Joyce e eu vimos o filme …. é maravilhoso. Até deu vontade de soprar a poeira, reavivar o francês e bater perna por lá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: