Mini apuro

O cara desembarca pra conhecer a futura sogra que mora no interior. Chocolate na mão, pronto pra fazer bonito. No trajeto do aeroporto até a casa ele vê um papelzinho esquisito por baixo de um dos bombons. Sorte que a embalagem era transparente. A sogra abre a porta, ele sorri suando frio, inventa um mal estar e zupt pro lavabo. Abre a caixa, pica o bilhetinho em mil pedaços, roga praga na vizinha que tinha deixado os bombons na sua porta um dia antes, fecha a caixa, dá a descarga, lava o rosto, respira. Faz pose de “encantado em conhecê-la”, entrega os chocolates e ainda come um depois do almoço na maior cara de pau. Isso faz mais ou menos uns 20 anos. E não é que o tempo encheu de graça essa historinha?  (RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: