Dor de cabeça

dor de cabeçaTenho enxaqueca. Não é uma enxaqueca qualquer.  Ela sabe quando atacar. Noite sem dormir, stress, preocupações são sem dúvida bons aliados da minha algoz. Mas ela ataca nessas condições apenas para se sentir a cereja do bolo.  Hoje, depois de anos, tenho certeza que o seu prazer reside em sabotar os meus momentos de prazer. Já recorri a médicos, remédios, exames… Ela me deixa acreditar por algum tempo que, sim, vou conseguir vence-la. Mas quando estou convicta da minha superioridade, sou reduzida a pó!! Crises intensas, mais fortes, mais longas. Considerando que devo passar o resto da minha vida em sua companhia, resolvi tentar melhorar nossa convivência. Nada mais de medir forças com remédios. Nada mais de viver apenas de prazeres: vou avaliar minha dieta. Depois de anos de ociosidade, como punição, vou frequentar a academia. Vou dormir mais cedo e dar menos atenção aos problemas. Afinal, posso não acabar com ela. Mas farei o possível pra que ela não acabe comigo… (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: