Você está bem?

Ficamos sem nos ver por quase um ano. Conversávamos por telefone e ela sempre dizia que estava bem. O caroço no seio se revelou um tumor mas, segundo ela, isso não era motivo para sobressaltos. A cirurgia foi de emergência. O tratamento, agressivo, lhe custou a cabeleira farta. As maçãs do rosto incharam e perderam a cor. Durante esse período sua filha vinha brincar com a minha. Estava sempre feliz. Quando perguntava sobre a mãe: ela está bem. Falava sobre a doença sem dramas, sem surpresas, sem melancolia. Como tememos aquilo que não temos estrutura para suportar. Olhava para essa menina, projetava minha filha e a possibilidade dela se tornar órfã. Não saberia lidar com isso. Que força essa mãe tem a ponto de encarar essa doença tão traiçoeira e ainda manter a serenidade para oferecer segurança aos seus filhos? Sinceramente, não sei. Lhe rendo toda minha admiração. Passou todo esse ano de tratamento dizendo que estava bem. Nos encontramos por acaso esses dias. Eu correndo, tentando resolver meus problemas. Ela com um lenço na cabeça, sorrindo, perguntou: e aí, tudo bem? Estou bem e vc? Eu…eu estou ótima! (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

7 Comentários em “Você está bem?”

  1. Sarah
    29/08/2011 às 21:01 #

    Realmente existem pessoas que sao exemplo de vida.
    Conheci uma. Minha irma.
    E agora como meu motor de vida USO:
    Se voce tem um teto
    Se voce tem oque comer
    Se voce tem saude
    VOCE NAO TEM PROBLEMAS.

  2. Mauricio Martins Pinheiro
    29/08/2011 às 21:01 #

    Tenho um exemplo dentro da minha casa, que encarou com uma maestria que nem pareceu que tinha o problema, Minha esposa, agora curada pela sua determinação e força.

    • 29/08/2011 às 21:01 #

      É isso aí, esse energia positiva muda tudo! Bj

  3. Teresa
    29/08/2011 às 21:01 #

    Pra gente parar e pensar no que realmente importa. E se ocupar e nunca “pré-ocupar”….
    Lindo e tocante!

  4. Maria Augusta Veloso
    29/08/2011 às 21:01 #

    Adicionar um comentário não é tarefa fácil. Já vivi diversas situações de perda e já convivi intensamente com amigos em situações semelhantes às dessa sua amiga, com um tumor maligno que não iria acabar bem. Esses, foram dois, reagiram de forma semelhante: eles e a familia negaram (aos amigos e a si próprios) a gravidade da situação. E nenhum deles eram pessoas de fé, que confiam em um Ser Superior que pudesse ajudá-los. Como não sou de negar, estive com eles até o fim, dispondo-me a ajudar sem dar opiniões, o que é muito difícil. Enfim, morreram e sofri a falta deles. Eu não me limitaria a considerar a atitude tocante. Preferia que sua amiga respondesse: – “Estou doente, mas tenho fé. Lutarei o que for possivel para me restabelecer. E conto com a ajuda de vocês, pra me dar carinho e força. “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: