Marca do Zorro

Aos 23 anos recebi o diagnóstico: melanoma grau 4. Foi um forrobodó. No dia seguinte já estava na mesa de operações ouvindo o médico dizer que ia retirar a parte ruim e também um pedaço da parte boa, como garantia. Eu, pra ele, um filet mignon esticado na maca. Terminada a cirurgia restaram 33 pontos carimbados nas costas( a tal marca do Zorro), e um mal estar geral na família. Os meses seguintes foram  bem tensos e demorei pra realizar que tive MUITA sorte. Mesmo assim não consigo me encaixar no time dos sobreviventes. Sei lá. O mundo produz e consome tanta tragédia hoje em dia que a minha historia não dá ibope nem dentro de casa. Vejo minhas filhas abusando do sol, displicentes que só. Eu deveria estudar teatro. Quem sabe impostando a voz e jogando um holofote sobre a cicatriz, eu consiga fazer um drama convincente. A verdade é que a cura atrai menos plateia.    (RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Marca do Zorro”

  1. 20/09/2011 às 21:01 #

    A cura não da ibope… O povo gosta de dor e de quando ta tudo ruim e incerto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: