Escrito nas estrelas

É muito fácil explicar as coisas depois que elas acontecem. Os economistas são experts nisso. Mas é na vida particular que essa mania de ligar os pontinhos é mais divertida. Ontem fiz um jantar em casa, para uma prima que vai se casar. Vieram as duas famílias e acho que por conta do clima de festa lembrei de uma história bonitinha. Quando eu tinha 18 anos me apaixonei por um guitarrista. Na época, coloquei dentro da Fender(marca da guitarra), uma fotografia minha, com essa prima no colo, ela então com uns 2 anos de idade. Enquanto namoramos essa foto morou lá. Tanto tempo depois eis que o noivo da prima, por coincidência, é cantor de rock. Acho romântico pensar que esse amor tem um quê de predestinado. Tá tudo ligado! A danada da menina já estava fisgada pelo rock ‘n roll, desde bebezinha.      ( RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Escrito nas estrelas”

  1. Marina
    25/10/2011 às 21:01 #

    Muito bonitinho, com certeza foi a guitarra!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: