Uma cidade de extremos

Semana passada peguei 360km de congestionamento. Na falta do que fazer, tirei uma foto do trânsito e postei no facebook. Um amigo, sem um pingo de inveja, comentou que no dia anterior havia pego  401km. ‘Uma fila de carros daqui até o Rio…’ O trânsito paulistano acaba com a minha vida. Fico hooooooras parada, estressada, esperando alguma ajuda divina. Mas São Paulo é uma cidade de contrapontos. A noite, ou melhor, tarde da noite a cidade oferece ótimas condições para dirigir. Ruas largas, bem iluminadas, velocidade que pode chegar até 90km nas marginais. Poderia ser agradável, não fossem os malucos que existem atrás de um volante. Volto tarde do teatro com minha filha, de uma distância considerável e, se antes temia assalto, hoje temo esses motoristas que voam no asfalto. Pode parecer exagero, mas é raro quando não vejo um carro destruído num poste, ou um louco atravessando a toda um cruzamento fechado. Presenciei um acidente envolvendo pedestres e ciclistas, que atravessavam a rua quando o sinal estava verde para eles. O carro, que vinha a toda, não conseguiu frear tempo. De um jeito ou de outro, me sinto impotente diante do trânsito dessa cidade. De dia ou de noite, refém dos três dígitos: congestionamento ou velocímetro. (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Uma cidade de extremos”

  1. 07/11/2011 às 21:01 #

    de qualquer maneira… Essa foto esta MARAVILHOSA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: