Reunião de condomínio

Quando cheguei a reunião já havia começado. A pauta era aprovação das contas, eleição do novo síndico e assuntos gerais. A mulher do 1001 que é conselheira lembrou que as contas não poderiam ser aprovadas, pois ela não pôde analisá- las. O síndico também não foi eleito, pois ninguém se candidatou ao posto, de modo que permaneceu o mesmo. A reunião começou mesmo com os assuntos gerais. A mulher do 401 reclamou do cachorro (que descobrimos não ser do zelador, mas do síndico) sendo apoiada pela moradora e conselheira do 1001. A dona do cão com os olhos marejados, contou a saga do bicho até conseguir moradia no nosso prédio. Não falou pouco e nem falou bonito, mas conquistou alguns adeptos. A moradora, conselheira e desocupada do 1001 contou pormenores da rotina do cão e escandalizou os demais moradores que decidiram pela saída do cachorro. Vencida essa batalha, ganhou força e disparou contra o zelador. Lento, tapado, burro. Pueril de tão burro, foi uma das pérolas da noite. Assim como fez com cão, descreveu a rotina do zelador. Os que  possuem a centelha da maldade, possuem também a da persuasão. Os moradores, impávidos, escutavam atentos o relato sobre zelador que passa o dia jogando vídeo- game. Perguntei como o prédio e a piscina se mantinham limpos, correspondências entregues, lixo no devido lugar, enfim como tudo funcionava perfeitamente se ele passava o dia no vídeo-game? Quase passei dessa pra melhor com o olhar que recebi. Discussões acaloradas sobre funcionários, prestadores de serviços e mais e mais relatos da moradora, conselheira, desocupada. O representante da administradora, que até então permanecia em transe, resolveu se pronunciar. Gostaria que resolvêssemos a questão dos condomínios atrasados. Que condomínio atrasado? Temos um morador que está em débito há 4 meses, foi a resposta. O salão ficou em silêncio, olhares cruzados, todos aguardando o ataque da 1001. Quando o silêncio se tornou insustentável, ela resolveu se pronunciar: como eu posso negociar essa divida? (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

2 Comentários em “Reunião de condomínio”

  1. Teresa
    22/11/2011 às 21:01 #

    Mal poso acreditar que essa estória seja verdadeiraaaaaa!!!!! mas que final estupendo!!!! Digno de novela, últimos capítulos!!!!
    Aliás, os barracos de reuniões de condomínio tbm são roteiros perfeitos de novela!!! Quem quiser se stressar ou se divertir na proporção idêntica, mas inversa, que vá em uma dessas reuniões, em qualquer prédio, de qualquer canto. Porque grosseria e maldade não tem endereço certo nem classe social. É farofa brasileira…
    Parabéns, Re, por mais essa!!!

    • 22/11/2011 às 21:01 #

      Pois amiga, acredite. E te digo mais: omiti alguns momentos mais efusivos, em respeito a imagem da conselheira. Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: