Acerto de contas

Nós, adultos, temos a mania de ficar bonzinhos em dezembro. O espirito Natalino é que faz isso. Parece que antes das promessas para o ano que vem, é preciso acertar contas com os 365 dias que se vão. Daí a necessidade de fazer o bem. A regra é perdoar, beijar e abraçar. Eu acho que esse comportamento nada mais é que a versão adulta da cartinha para o Papai Noel. As crianças escrevem como foram bem comportadas e estudiosas, como merecem ganhar esse e aquele presente. E já que não pega bem um marmanjo escrever, o jeito é sorrir, tolerar e  confraternizar, esperando com isso atingir uma consciência aliviada ou até  zerada. Quem vai em festa da firma, e fica do começo ao fim, ganha vários pontos. Quem dá caixinha de Natal para os entregadores de jornal, do supermercado, da pizza, para os frentistas, manobristas, etc., também fatura ‘bônus points’. Quem não dá panettone para os empregados do prédio, e se esforça para escolher um presente menos mixo, quase que consegue ser perdoado por todos os pecados do ano. Se você conhece alguém que precisa urgente incluir boas ações no seu balancete emocional, compartilhe esse post!  (RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Acerto de contas”

  1. Sarah
    28/11/2011 às 21:01 #

    Vixe… Acho que o papai noel, e todos os outros santos estao com bode comigo!
    Vamos ver se 2012 eles fazem as pazes comigo!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: