Querida, cheguei

Se o algoz da maioria dos casamentos é a convivência, o do meu é o fuso-horário. Não tenho dados exatos mas, dos 365 dias do ano, passamos no máximo a metade juntos. O que já é difícil torna-se ainda mais complicado com a questão do fuso. Esse último campeonato foi no Japão. Acordar de madrugada para assistir aos jogos não é nada, difícil é conciliar o horário para nos falarmos. Felizmente temos Deus no céu e o Skype na Terra. Comemoramos os 18 anos da nossa filha, a primeira medalha da natação da outra filha, o meu aniversário e a vaga para as Olimpíadas via Skype. Fizemos durante esse período várias refeições juntos, ainda que nós estivéssemos almoçando e ele jantando. Levou comigo as crianças para o colégio, acompanhou a tomografia da nossa caçula e participou das atividades mais corriqueiras nesses últimos 30 dias em tempo real. Nem os Jetsons poderiam imaginar tamanha tecnologia. Mas ainda que tudo isso seja incrível, deixo agora de contar a diferença de fuso para contar os minutos da sua chegada. E viver, ainda que por poucos dias, essas experiências diárias sem o auxílio de uma câmera. Nada como a convivência. De preferência, em carne e osso! (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Querida, cheguei”

  1. LARISSA LATORRE
    05/12/2011 às 21:01 #

    AÍ RÊ NÃO É FÁCIL MAIS PRO AMOR NÃO HÁ NADA IMPOSSÍVEL ….

    MATAR A SAUDADES É TUDO DE BOM .

    BJKAS

    ADRI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: