Tolerância zero

Entre todas as grosserias que uma pessoa munida de celular pode cometer, a mais desprezível na minha opinião é quando ela acha que pode enviar mensagens, filmar e fotografar durante um espetáculo de teatro. Quem faz isso é tão cara de pau que é capaz de dizer que não era ele quando o vigia da sala vem lhe chamar a atenção. Pois é, minha filha foi assistir a peça do Gianecchini ontem à noite e, exatamente na poltrona em frente à dela, aboletou-se um elemento dessa espécie. Pra completar, na fileira de trás tinha outro ser humano incrível,  que achou bacana ficar amassando sua garrafinha de água em cena aberta. Como ninguém quis engrossar, os folgados continuarão desrespeitando atores e plateias, até que algum vigia leve a cabo a sua função. Uma vez, no bar de um hotel em Nova York, a cantora não teve dúvida: interrompeu a música e falou para o grupo de ‘ladies’ ao nosso lado que elas poderiam conversar bem melhor lá fora. Saíram as 4, com cara de xuxú. Assim que eu gosto. The american way of Tolerância Zero. (RL)

     Esse video é uma colaboração do meu amigo João Victor Pereira. Adorei!!

Tags:, , , ,

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

2 Comentários em “Tolerância zero”

  1. Patricia
    15/03/2012 às 21:01 #

    Gentalha mal educada !

  2. 16/03/2012 às 21:01 #

    E está cada dia pior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: