Linguagem de sinais

Me disseram que nos espetáculos do Cirque du Soleil eles escolhem voluntários da plateia de acordo com a postura física. As pessoas mais receptivas sentam de um jeito diferente, não ‘se trancam’ com os braços, sei lá. Deve ser verdade pois meu marido, que é um cara bem tranquilão, já foi eleito mais de uma vez. O maior mico foi há muitos anos, num show da Rogéria. Ele subiu no palco, posou de modelo para as piadinhas picantes e ainda tocou piano, sem perder o rebolado. Deve ser mesmo a linguagem de sinais ou então a Rogéria deu sorte. Outro dia achei graça na conversa de um médico que disse que quando ele entra no quarto do hospital e encontra sua paciente com o rosto maquiado, é por que está na hora de mandá-la pra casa. Segundo ele, as mulheres se arrumam e os homens leem jornal. Alguns gestos são hereditários, marcas de família. Meu irmão quando sorri entortando o canto da boca, é batata que lá vem mais um capítulo das Aventuras de Nicolau.   (RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: