Filho ou algoz?

Dois filhos que não tive me apavoram, Sean e Luciane. Sean representa o medo de ser esquecida. Foi o que vi na entrevista que ele concedeu no final de abril. Não sei se o discurso foi preparado, se é verdadeiro, se ele está feliz. Sei que a família dele no Brasil foi riscada do mapa. Para ser feliz com a avó, teve que anular o pai. E agora com pai, tem que a anular a avó. Amar um em detrimento do outro. Será ele o único caso? Já Luciane não se sentiu amada pelo pai, de quem receberá uma indenização pelo mesmo motivo. E esse caso me arrepia. Que a justiça garanta o sustento material é mais do que justo. Mas como é possível mensurar afeto? Amar é faculdade, cuidar é dever, disse a ministra. Pais amam e filhos nem sempre se sentem amados. Já acusamos nossos pais e, em algum momento, seremos acusados. E agora poderemos ser processados e sentenciados. Nossos filhos, indenizados. Hoje os dois casos figuram nos jornais. Em breve, casos e mais casos deixarão os jornais para se tornarem estatísticas. Criamos um filho. Quem cria o algoz: nós, a sociedade ou o Estado? (RM)

Tags:, , ,

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Filho ou algoz?”

  1. 12/05/2012 às 21:01 #

    essa indenização me parece uma vingança mais que qualquer coisa, nenhum dinheiro paga falta de afeto, o que as pessoas que se “vingam” não sabem é que acabam piorando tudo. Eu não consigo explicar em palavras, só sentir que dá, mas é mais ou menos isso que eu tentei dizer…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: