No palco ele nem manca

Posso falar? Eu adorei. No palco ele consegue não ser o House e ainda assim ser o máximo. Ele, Hugh, é o cara.  O homem canta bem, toca piano e violão bem, é engraçado, carismático, tem uma banda incrível e um repertório muito legal. Nem precisava ser bonito mas pior que é. Bonito, alto, elegante, very British. Claro que se não fossem as 8 temporadas na TV, o show teria que ser num barzinho e não no Luna Park, pra 5 mil pessoas. Óbvio que ele não é o melhor cantor de blues do planeta,  mas sabe o que faz, compramos o CD e a noite valeu super. Agora engraçado foi ver a mulherada – de mamando a caducando – histéricas, salivando na plateia. Tinha uma lá que devia ter o que, no máximo 20 e poucos anos, nunca vi gritar tanto. Somando a cúpula careca e algumas linhas no rosto dá pra chutar que ele tenha mahomeno 55, por aí. Aposto quanto quiser que essa garota trocaria qualquer colega da faculdade pelo tio Hugh House. Tá podendo o cara, eu senti.  (RL)

(Meus videos ficaram péssimos mas ele cantou essa música igualzinho, com a roupa da foto)



Tags:,

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

2 Comentários em “No palco ele nem manca”

  1. Milena
    10/06/2012 às 21:01 #

    Ai que inveja!!!!!!!!! Amo ele! Daria TUDO para estar lá! Beijossss

    • 10/06/2012 às 21:01 #

      Ahahahahah confesso que eu também fiquei encantada!!! Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: