Bobos da Corte

Chamam de inovação aquilo que nos tira da zona de conforto, que provoca, instiga e faz pensar. Pois então, fui numa exposição de decoração aqui em São Paulo, com ambientes assinados por diferentes arquitetos, todos importantes. Não gostei de nada. Alguns espaços estão OK mas a maioria é um pavor, de um mau gosto que mais parece provocação. Ou seria inovação? Um das salas cheira a naftalina, com sofás que devem ter levitado do Palácio de Versailles até aqui, nada a ver. Outra tem uma caixa de acrílico na parede com a palavra Orlistat, que é o principio ativo do Xenical. Com tanta ‘inovação’ ficou difícil definir qual a tendência do mercado. Os móveis expostos obviamente custam caríssimo e pra visitar a Casa também foi salgado. Saí um pouco indignada, questionando esse conceito de ‘vale tudo’ que vigora no mundo fashion. Over modernos ou over antigos, fica claro que alguns decoradores acham que eles são os reis, e nós os bobos da cocada.

A única coisa que gostei realmente foi essa casinha de cachorro, com sua almofada gema. Eu quero! (RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

um comentário em “Bobos da Corte”

  1. 14/06/2012 às 21:01 #

    E vai dizer para esses arquitetos famosos ou estilistas descolados que determinado trabalho é feio, horrivel ou que simplesmente não gostou. Melindrados, vc será considerado um ser despresível por estas cabeças privilegiadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: