Dançando com Renoir

Renoir pintou esses 3 casais dançando, em tamanho natural, em 1883. São de uma beleza inesquecível e estão expostos lado a lado até o começo de setembro, no Museum of Fine Arts, em Boston. Depois, dois deles retornam ao Musée D’ Orsay, em Paris. Sorte a minha. Não só pude ver as obras juntas como pude admirá-las, em ‘tempo natural’ também.

Reparei no brilho furta-cor do vestido branco, nas bitucas de cigarro no chão da tela do meio, no leque, no rosto escondido, na moça tímida, no sapato. Reparei na música, na temperatura, no som dos pés rodopiando, nas vozes ao fundo. Reparei na luz, no movimento, no chapéu que caiu de tanto dançar.

Fora do circuito Paris, Londres, Roma, Nova York, é possível sim reparar sem pressa, sem filas nem cotoveladas, e esperar, até que o chapéu caia.  (RL)

Tags:

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: