Eu vi um assalto

Foi a primeira coisa que me falaram quando entraram no carro, depois do colégio. Hoje era pra ser um dia legal, disse a pequena. Era mesmo. O pai chegou ontem de viagem, foi levá-las para escola. No caminho viram um assalto. Três adolescentes assaltaram os 2 carros da frente, quebraram o vidro, agrediram uma mulher, empurraram um carro contra o outro, atingindo um terceiro carro que estava ao lado. Fugiram correndo. Levaram bolsa, celular e outros pertences. Levaram também um pouco das minhas filhas. Levaram um pouco da esperança, do senso de justiça e, o pior, uma parcela de bondade. A violência não dilacera pelos bens materiais, mas pelas marcas que deixa no nosso íntimo. Ela arde, quando não arde, queima. E assim se dissemina. Do episódio, elas guardaram a imagem da mulher semi-consciente, com o rosto encoberto de sangue. Guardaram a impotência, o medo e a pergunta: mãe, quando será que vai acontecer com a gente? (RM)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

2 Comentários em “Eu vi um assalto”

  1. 17/08/2012 às 21:01 #

    Depois de ler isso fiquei pensando, como deve ser difícil ser pai ou mãe, pensei que se eu tivesse um filho eu nunca ia querer que ele visse ou vivenciasse coisa do tipo. Aí logo pensei que seria eu uma mãe daquelas que eu observo e já julgo como “um porre”. Eu sei que é inevitável infelizmente. Mas em algum momento as crianças vão se perdendo aos poucos pela vida, e ninguém tem como impedir, por que tem muita coisa ruim, feia e sem explicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: