Isso não vai dar certo

Comprei um quebra cabeças de 8000 peças e dei de presente para uma amiga querida, que adora esse passatempo. Ou adorava. O marido não se conforma, diz que está a beira do divórcio, ou ele ou o quebra cabeças. Eu disse que comprei na Ri-Happy, nunca imaginei que lá vendessem brinquedos do mal.

Sábado à noite fomos na casa deles. Os 8000 fragmentos estão divididos por cor, em 7 cumbucas. Não são cumbuquinhas dessas pra sementes de papoula, são daquelas maiores, tipo pra torradas de aperitivo. O aniversário foi no fim de junho e só agora, 2 meses depois, ela conseguiu separar tudo. Foi preciso construir uma base de madeira porque não vai caber em cima da mesa. Ufa, um dilema a menos: habemus jantar, apesar do painel inimigo. Tão singela a cena do quebra cabeças, chama-se Casamento Camponês, quanta ironia.

Mas é um presente maligno, que vai se espalhando, se multiplicando, enlouquecendo a pessoa, pelo menos é o que o marido acha.

Pra piorar a minha reputação, enquanto ela mostrava uma dos potes, pimba, escapou da mão uma minúscula peça. Caiu no chão de madeira, peça e piso da mesma cor, oh céus. Nessa hora eu quis sair de fininho mas não deu. O Ricardo baixou de voluntário e agachou pra procurar. Eis a cena:

Acharam a marvada, passando uma faca embaixo do pé da mesa.

Daqui a uns 6 meses eu telefono pra sentir o meu ibope.   (RL)

Categorias: Uncategorized

Autor:reparei

"Se podes olhar, vê. Se podes Ver, repara." (José Saramago)

Assinar

Assine nosso feed RSS e nossos perfis sociais para receber atualizações.

4 Comentários em “Isso não vai dar certo”

  1. 29/08/2012 às 21:01 #

    Uma vez me arrisquei com um de 5 mil, hoje deve ter 4.986 peças. Vez ou outra aparece alguma esquecida.

    • 29/08/2012 às 21:01 #

      Ahahahaha taí o meu medo, não terminar por esse motivo!

  2. 30/08/2012 às 21:01 #

    Não se preocupe. Vai dar certo.
    A neurociência garante: montar quebra-cabeças dá ao cérebro a oportunidade de fazer o que ele gosta: encontrar sentido em pedaços de informação aparentemente desconexos e satisfação estética com desenhos coloridos se completando. Além disso, o marido acabará aceitando, e até mesmo admirando, a dedicação de sua amiga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: